poema em plaquete


É com um dos poemas de Cartográfico que participo dessa edição tão bonita da Editora Quelônio.

O lançamento é dia 30/7.

Rui Barossi





Meses depois, uma música chega dentro de um envelope. Obrigada, Rui: estou tocando-a na cabeça desde esta manhã.
seu sorriso vincava
não apenas a carne
mas o tempo

sou uma das dobras
em sua face
quando te lembro

tcharafna, de gui mohallem


O último exemplar de Tcharafna, que veio junto com as fotos e as memórias do Gui pelo correio.

o líbano visto por um filho nascido em minas gerais


gui mohallem


"Minha prima Jouana no dia do casamento. Atrás dela, os barris que protegiam a casa das bombas e dos tiros durante a guerra civil"

maria clara escobar


Conversando com A. no jardim da Biblioteca Nuto Sant'Anna, sobre cartas, sobre escrita, sobre minha ansiedade com a chegada das respostas, sobre o tempo que passa, ela me diz, "e por que não escrever sobre essa espera? Ou sobre as respostas que jamais chegarão?".

Então no dia seguinte saio de casa e a carta da Maria Clara está na porta de casa. No caminho para o metrô, leio cada um de seus postais não enviados - e penso nesse lugar precioso que ela me envia num envelope, feito de um tempo em que ainda não nos conhecíamos, mas que já estava entre nós.

stefanni marion



Um blackbird, uma flor seca, uma canção. (Ou mais de uma? Estou ouvindo, Stefanni, ouvindo...)